Página:Poesias eroticas, burlescas e satyricas.djvu/51

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
47


OtJ

PRECEITOS, E REGRAS AMATORIAS

PARA AGRADAR AS DAMAS

IMITAÇÃO DE OVÍDIO

I

Se, lascivos do mundo, amais sem arte,
Lede meus versos, amareis com ella.
Tu, louro Apollo, me tempera a lyra,
Tu, branda Vénus, a cantar me ensina.
Qaanto nos reinos de Plutão deseja
Tântalo ardente mitigar a sede;
Quanto suspira Promethéo, que Jove
Os duros ferros, com que o prende, rompa;
Tanto deseja a feminina turba
Ao corpo varonil unir seu corpo;
Tanto suspira por que mão lasciva
Meiga Ibe toque nas coliminas lisas,
E que mimoso, petulante dedo