Pacotilha poetica/Se agrada mais sorrindo ou estando serio

Wikisource, a biblioteca livre
< Pacotilha poetica
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pacotilha poetica
Se agrada mais sorrindo ou estando serio


SENHORAS

2 Sorrindo... sorrindo meigo
  Como um anjo seductor,
  Com olhinhos namorados,
  Convidando a gente a amor.

3 Elle é lédo, elle é risonho,
  E gosta de um bello riso,
  Que n'umas faces de rosas
  Lembram o céo de um paraiso.

4 Um sorriso sempre é bello,
  Se é de amor é seductor;
  E ao peito de um amante
  Leva á paz, desterra a dôr.

5 Séria, séria e mais que séria,
  Que isto muito vos convém;
  Quando não mostrais os dentes,
  Que nenhum encanto tem.

6 Seriedade é respeito,
  Bani essa pretenção;
  Um sorriso patenteia
  Um sincero coração.

7 Séria não ficais bonita,
  Sorrindo ainda peior,
  Entre séria, entre risonha,
  Minha, senhora é melhor.

HOMENS

2 Sério, que o riso nas faces
  Faz de um sabio um papelão,
  Que ri-se de quanto vê,
  Quer tenha quer não razão.

3 O riso é proprio dos homens,
  E serio foi sempre o burro...
  E' muito justo que serio
  Vos conserveis, meu casmurro...

4 Vossa graça é muito séria,
  Vosso serio é gracioso;
  Não me entendeis? Sois um tolo,
  Desfructavel, gracioso.

5 Serio não, risonho sim,
  Que ella gosta bem do riso,
  Pois as faces patenteiam
  Coração de paraiso.

6 Vós de serio nada tendes,
  Salvo se fazeis mareta;
  De risonho ainda peior,
  Que sois cara de careta.

7 Risonho, sempre risonho,
  Corado qual pimentão.
  Porque ficará mais bello
  Assim o vosso carão.

SENHORAS

8 Sorrindo mostrando os dentes
  Que são perolas brilhantes,
  Que captivam corações,
  Que attrahem centos de amantes,

9 Elle é serio, porém ama
  A um semblante risonho,
  Que lhe distraia os pezares,
  De seu peito tão tristonho.

10 Sorrir é falar aos olhos,
  E' dizer «não estou triste,
  Ao vosso lado a minha'alma
  Ao negro pezar resiste.»

11 Não sorrir é estar triste,
  E' dizer a algum olhar:
  «Vêde que por vossa causa
  Supporto mortal pezar.»

12 Agradais se estais risonha,
  E tambem séria agradais;
  Vêde como sois formosa,
  Como sempre triumphais!

HOMENS

8 Serio, serio, sempre serio,
  Com essa santa carinha,
  Que se não fôr de raposa,
  Não passará de fuinha.

9 Como a cara de Meduza,
  Vós tendes um rosto enorme,
  Que o mais leve risozinho
  Converte em carão disforme.

10 Meu amigo eu aconselho:
  Nem d'uma nem d'outra forma,
  Mas com essas carantonhas,
  Que fazeis cantando a Norma.

11 Risonho e ás gargalhadas
  Mostrando os dentes tão bellos,
  Que vos realçam a boca,
  Pois são da côr de marmellos.

12 Riso, expressão de alegria,
  Signal de satisfação,
  Não diz bem nas vossas faces,
  Que proprias ao serio são.