Pacotilha poetica/Se ausente cahirá no esquecimento

Wikisource, a biblioteca livre
< Pacotilha poetica
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pacotilha poetica
Se ausente cahirá no esquecimento


SENHORAS

2 E porque? Elle vos ama
  Com ardor de coração,
  Com arregalos de olhos,
  Com frenesis de paixão.

3 Póde ser que bem fiqueis,
  E póde ser que não fiqueis,
  Porque tudo póde ser,
  Como mui bem sabereis.

4 «O meu bem quando partio
  (Vós haveis de assim cantar)
  Apertou-me a mão no peito,
  Nem um só ai pôde dar».

5 E tanto que em sua vida
  Nunca mais cá voltará,
  De posse de uns novos olhos,
  De vós não se lembrará.

6 Elle irá com mil suspiros
  E amargo pranto vertendo,
  Porém suspiros e prantos
  Irá comvosco esquecendo.

7 Esse philtro que lhe déstes
  De nada vos servirá,
  Porque logo que se ausente
  De vós não se lembrará.

HOMENS

2 Pois se nem falta fareis,
  Como quereis ser lembrado?
  Não sois só o objecto
  Por sua alma idolatrado.

3 Esquecido, como quando
  Já morto na sepultura,
  De passar a outra nupcia
  Tiver a feliz ventura.

4 Quer presente, quer ausente,
  Ella vos tem na memoria,
  Que ha de com outro casar-se;
  — Agora indagai da historia.

5 Do tempo de hoje as mulheres
  Não são como eram as de antes,
  Nenhuma dellas consagra
  Memoria eterna aos amantes.

6 Quem desapparece, morre,
  Isto já disse o ditado,
  Sereis portanto esquecido
  Pelo vosso bem amado.

7 Não por certo. Ella é tão boa
  Que sempre vos lembrará,
  Contente de vossa ausencia,
  Ausente vos quererá.

SENHORAS

8 Não, emquanto elle viver,
  Que vos traz sempre em memoria,
  Dilatando os seus amores
  Nesta vida transitoria.

9 Não será por culpa delle,
  Porém sim por culpa della;
  Curareis com paciencia
  Vossas dôres de canella.

10 Se cahireis! estimada
  Será de mais vossa ausencia,
  E vereis que é hypocrisia
  Essa sonhada innocencia.

11 De uns olhos tão seductores
  Quem poderá esquecer-se!
  Quem por outros mais brilhantes
  Ditosamente perder-se!

12 Não, que elle é mui constante
  Pois outra não vio ainda,
  Que lhe possa fazer conta
  Por mais rica e por mais linda.

HOMENS

8 Por causa de um ou dous
  Ficareis no esquecimento;
  Deixai-a, não sejais tolo,
  Ou pateta ou ciumento.

9 Por vossos parentes, não;
  Por vossos amigos, sim;
  Depois por vossos parentes,
  E por vossa esposa emfim.

10 Parti; ouvireis o adeus;
  Parti; o pranto vereis;
  Voltai; ah! tudo é perdido.
  Nada mais encontrareis.

11 E' pena que sejais assim
  Por uma velha tratado;
  Presente, sois os seus mimos;
  Ausente, sois olvidado.

12 Amantes, amigos, tudo,
  Tudo vos esquecerá;
  Distante, longe e bem longe,
  Cá ninguém vos lembrará.