Pois Deus nom quer que eu rem possa haver

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pois Deus nom quer que eu rem possa haver
por Fernán Velho


Pois Deus nom quer que eu rem possa haver
de vós, senhor, senom mal e afã,
e os meus olhos gram coita que ham
por vós, senhor – se eu veja prazer,
         ir-m'hei daqui; pero ũa rem sei
         de mi, senhor: ca ensandecerei.
  
E, mia senhor fremosa de bom prez,
pero vos amo mais ca mi nem al,
pois Deus nom quer que haja senom mal
de vós, par Deus que vos muito bem fez,
       ir-m'hei daqui; pero ũa rem sei
       de mi, senhor: ca ensandecerei.
  
E pero vos amo mais doutra rem,
senhor de mim e do meu coraçom,
pois Deus nom quer que haja se mal nom
de vós, senhor, – assi Deus mi dê bem,
       ir-m'hei daqui; pero ũa rem sei
       de mi, senhor: ca ensandecerei
  
por vós que eu muit'am'e amarei,
mais de quant'al vejo nem veerei!