Rosa e lírio

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rosa e lírio
por Almeida Garrett
Poema publicado em Folhas Caídas



A rosa
É formosa;
Bem sei.
Porque lhe chamam - flor
D'amor,
Não sei.

A flor,
Bem de amor
É o lírio;
Tem mel no aroma - dor
Na cor
O lírio.

Se o cheiro
É fagueiro
Na rosa,
Se é de beleza - mor
Primor
A rosa,

No lírio
O martírio
Que é meu
Pintado vejo: cor
E ardor
É o meu.

A rosa
É formosa,
Bem sei ...
E será de outros flor
D'amor...
Não sei.