Sacro Pastor da América florida

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ao illustrissimo D. Fr. João da Madre de Deos mudando-se para o seu novo palacio, que comprou.
por Gregório de Matos
Poema agrupado posteriormente e publicado em Crônica do Viver Baiano SeiscentistaOs Homens BonsA Nossa Sé da Bahia

Sacro Pastor da América florida,
Que para o bom regímen do teu gado
De exemplo fabricastes o cajado,
E de frauta te sene a mesma vida.
  
Outros tua virtude esclarecida
Cantem: mas teu palácio por sagrado
Cante Apolo de raios coroado
Na musa humilde de álamos cingida.
  
Gusano a tua folha me alimente,
Tua sombra me ampare peregrino,
Passarinho o teu ramo me sustente.
  
Tecerei tua historia em ouro fino,
De meus versos serás templo freqüente,
Onde glórias te cante de contino.