Se da Guarda pareceis

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Torna o poeta a invocar Luiz Ferreyra de Noronha.
por Gregório de Matos
Poema agrupado posteriormente e publicado em Crônica do Viver Baiano SeiscentistaOs Homens BonsHomens de Bem

Se da Guarda pareceis
Anjo sobre capitão,
não é novidade não,
que de males nos livreis:
dobrado ofício fazeis
em qualquer nossa aflição,
pois com nobre coração
nos livrais amante interno,
se como Anjo do inferno,
do mais como capitão.