Testou minha ventura

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Testou minha ventura
por Anónimo
Cantiga renascentista portuguesa presente no Cancioneiro de Elvas.


Testou minha ventura,
assi em seu testamento,
a vos deixou fermoſura,
a mĩ pena e tormẽto.

Sabe Ds̃ q̃ outro deſcargo
A mĩ e a si deuia
Pois q̃ só por ella trago
A minha alma em agonia.

A meu coraçaõ iſento
Em priſaõ que tanto dura:
A vida cõ mal, e sem cura,
A mĩ cõ tanto tormento.