Em Tradução:48 votos de Amitabha

Wikisource, a biblioteca livre
Ir para: navegação, pesquisa
48 votos de Amitabha
por Amitābha
De acordo com o Sutra Maior da Vida Imensurável, Amitabha foi um monge chamado Dharmakara. Em algumas versões do sutra, Dharmakara é descrito como um antigo rei que, tendo entrado em contato com os ensinamentos budistas através do Buda Lokesvararaja, renunciou seu trono. Ele então resolveu se tornar um Buda. Sua resolução foi expressa em seus quarenta e oito votos.

Este texto foi traduzido para a Língua Portuguesa através dos projetos de traduções colaborativas. Ele, todo o trabalho editorial e de diagramação envolvido, encontram-se licenciados sob os termos da GNU Free Documentation License e CC-BY-SA 30. É possível ver seu(s) tradutor(es) e colaborador(es) ao clicar na aba Histórico, acima do conteúdo.

Translation Latin Alphabet.svg Esta página ou seção faz parte de uma obra que ainda está em processo de tradução. Ajude a traduzir! →

Editor: mantenha este aviso até que toda a obra tenha sido traduzida.

Voto 1[editar]

Se, alcançando o estado de Buda, existir na minha terra de Buda um inferno, um reino de espíritos famintos ou um reino de animais, então que eu não alcance a Iluminação.

Voto 2[editar]

Se, alcançando o estado de Buda, na minha terra os seres que nascem cairem após sua morte nos três reinos inferiores, então que eu não alcance a Iluminação.

Voto 3[editar]

Se, alcançando o estado de Buda, na minha terra os seres que nascem não forem todos da mesma cor do ouro verdadeiro, então que eu não alcance a Iluminação.

Voto 4[editar]

Se, alcançando o estado de Buda, na minha terra os seres que nascem não forem todos da mesma aparência e existir diferenciação de beleza e feiúra, então que eu não alcance a Iluminação.

Voto 5[editar]

Se, alcançando o estado de Buda, na minha terra os seres que nascem não forem capazes de ter o conhecimento sobrenatural de recordar suas vidas passadas e de conhecer eventos ocorridos há centenas de kotis[1] de nayutas [2] de kalpas [3], então que não alcance a Iluminação.

Voto 6[editar]

Se, alcançando o estado de Buda, na minha terra os seres que nascem não forem capazes de possuir a visão divina, que pode ver até centenas de milhares de kotis de nayutas de terras de Buda, então que não alcance a Iluminação.

Voto 7[editar]

Voto 8[editar]

Voto 9[editar]

Voto 10[editar]

Voto 11[editar]

Voto 12[editar]

Voto 13[editar]

Voto 14[editar]

Voto 15[editar]

Voto 16[editar]

Voto 17[editar]

Voto 18[editar]

Se, alcançando o estado de Buda, todas as pessoas tendo fe verdadeira , desejarem nascer em minha terra, recitando meu nome mesmo que apenas 10vezes, se elas nao conseguirem nascer em minha terra, então que eu não alcance a Iluminação. Excluem se os que cometerem os cinco males e os que blasfemarem contra os ensinamento de Buda.

Voto 19[editar]

Voto 20[editar]

Voto 21[editar]

Voto 22[editar]

Voto 23[editar]

Voto 24[editar]

Voto 25[editar]

Voto 26[editar]

Voto 27[editar]

Voto 28[editar]

Voto 29[editar]

Voto 30[editar]

Voto 31[editar]

Voto 32[editar]

Voto 33[editar]

Voto 34[editar]

Voto 35[editar]

Voto 36[editar]

Voto 37[editar]

Voto 38[editar]

Voto 39[editar]

Voto 40[editar]

Voto 41[editar]

Voto 42[editar]

Voto 43[editar]

Voto 44[editar]

Voto 45[editar]

Voto 46[editar]

Voto 47[editar]

Voto 48[editar]

Referências[editar]

  1. Unidade antiga indiana. Refere-se nos sutras budistas como um número extremamente grande, mas sua definição exata ainda é objeto de diversas interpretações, considerando que equivale a dez milhões, cem milhões, etc.
  2. Unidade antiga indiana. Refere-se nos sutras budistas a cem bilhões.
  3. Unidade antiga indiana, que denomina uma era, ou um longo período de tempo.