As Mulheres de Mantilha/XI

Wikisource, a biblioteca livre
< As Mulheres de Mantilha
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
As Mulheres de Mantilha por Joaquim Manuel de Macedo
Capítulo XI


Erão seis horas da manhã, quando Maria procurou no leito o descanso e o somno: na noite que acabava de passar, soffrera muito em sua vaidade, e nos seus calculos: não amava Alexandre Cardoso, nunca se dera á elle nem por paixão, nem por capricho; mas essa mulher inconstante e louca que se reservava o direito de atraiçoar seus amantes e de mudar de amantes, sempre e logo que isso lhe aprazia, não tolerava o ser deixada, e menos que por outra algum amante quebrasse suas cadeas: então a ciumenta elevava-se á inimiga terrivel que não poupava, nem escolhia generosa os meios e a natureza da vingança.

Alexandre Cardoso não só começava á mostrar-se menos captivo dos encantos de Maria, como não fazia mysterio da sua paixão por Ignez, chegando a declarar-se no circulo de seus amigos disposto, a toma-la por esposa.

Maria estava habituada a perdoar á Alexandre seus deboches, suas seducções immoraes, seus crimes de concupiscencia malvada; mas o desprezo que a ameaçava, e a hypothese do casamento com Ignez erão, o primeiro um ultrage á sua vaidade de formosa, e tambem e ainda mais com o segundo a ruina da sua influencia que ella sabia fazer valer.

A amante do conde de Bobadella provára por vezes a importancia do patronato exercido pelo dominio do coração daquelle que governa: Gomes Freire nunca escravisára com escandalo o governador a amante; sempre porém que o poude fazer sem dezar publico servira-lhe aos empenhos.

O official da sala do conde da Cunha perdido de paixão durante muito tempo e até 1765 pela encantadora e voluptuosa moça, obedecia cego aos seus desejos e preceitos, e Maria dispunha de empregos e de favores, governando o governo pelo poder de sua belleza, e pela magia das suas graças que fascinavão Alexandre Cardoso.

O amor que a innocente Ignez sem pensar e sem querer inspirava ao official da sala do vice-rei, viera dar a Maria a certeza do que ella já presentira no arrefecimento da paixão de Alexandre, isto é, o proximo termo do seu reinado no coração do poderoso secretario do governo da colonia.

Esta convicção encheu de colera e de odio a alma da soberba e ambiciosa Maria que jurando a si mesma vingar-se de Alexandre Cardoso, destruindo os fundamentos da sua influencia official, que em breve não mais á ella poderia aproveitar, abafou seus furores, e fingindo-se ora ciumenta, ora terna e apaixonada, e retendo ainda com prodigios de lascivos laços o amante arrefecido e infiel, cercou-o de espionagem segura e vigilante que ella sabia alimentar, pagando-a a preço de ouro e de favores de natureza diversa.

A's onze horas da manhã Maria saltou do leito, como arrependida de haver dormido tanto: ápos demorado e perfumado banho, entregou-se ainda mais aos proprios cuidados, do que aos de duas habilissimas escravas, que de accordo com o espelho lisonjeavão á porfia a formosa moça, que á uma hora da tarde achando-se primorosamente vestida, toucada e fresca e bella como a aurora, que ella tinha saudado antes de dormir, foi sentar-se na sala, tendo ahi mesmo tomado por almoço meia chavana de chocolate.

— O jantar?... perguntou ella.

— Está prompto.

— A's duas horas precisas deve estar na mesa.

As escravas retirarão-se.

Maria esperava sem duvida alguem. Meia hora depois entrou na sala o tenente Gonçalo Pereira, aquelle mesmo que na cêa da precedente madrugada fôra objecto das zombarias e do ridiculo dardejado pela formosa moça pelos abraços dados á velha de mantilha na ladeira de Santo Antonio.

Gonçalo Pereira era um elegante official portuguez desde dez annos mandado para o Brasil com o posto de alferes e encorporado ao regimento novo: entre este e o regimento velho havia ciumes e pontos de vaidoso antagonismo, que cada vez mais acesos e irritados, comtudo se concentrarão temerosos pela elevação de Alexandre Cardoso, tenente-coronel do regimento velho á official da sala do vice-rei conde da Cunha.

Os officiaes do regimento novo queixavão-se de que os do outro por mais protegidos os preterião na escala dos postos, o que foi sempre e é motivo de grande desgosto no exercito: Gonçalo Pereira, apezar de exacto e activo no cumprimento de seus deveres militares, e de ser muito mais instruido do que o erão então em geral os officiaes das tropas portuguezas, conseguira em dez annos apenas passar de alferes á tenente: no regimento novo todos o apresentavão como exemplo de injustas preterições; entretanto o tenente não se queixava, e o que mais é, alegre e folgazão, devoto do bello sexo, e dos prazeres da mesa, do amor e do jogo era o mais infallivel companheiro, desde alguns mezes ao menos, do chefe das orgias famosas, de Alexandre Cardoso, á quem antes o suppunhão justificavelmente adverso.

No regimento novo todos lamentavão á indigna e aduladora ligação de Gonçalo Pereira com o commandante do regimento velho, e nenhum tinha adivinhado que elle era o misero escravo do amor mais ardente que até então rendera cultos, ajoelhando aos pés da falsa amante de Alexandre Cardoso.

Em 1765 as primeiras relações de facil intimidade de Gonçalo Pereira com Alexandre Cardoso marcarão a epoca das primeiras e mysteriosas relações do tenente do regimento novo com a amante do chefe do regimento velho.

Maria, vendo entrar o elegante official, correu para elle, exclamando:

— Tardavas-me!

Gonçalo Pereira recebeu-a nos braços e com fervor que aliás não encontrou resistencia, beijou-a duas vezes nos labios.

Sentarão-se ao lado um do outro com as mãos dadas, e com os olhos a gozarem-se.

— Tardavas-me: repetio Maria.

— Cheguei meia hora antes do prazo marcado..... — Eu te esperava ha uma hora.

— Obrigado! disse Gonçalo beijando-a outra vez.

— Conversemos..... tornou Maria, procurando esquivar-se ás caricias do amante amado.

— Sobra-nos o tempo..... respondeu o official, insistindo.

A bella moça recuou, ameaçou Gonçalo com o leque, e fugio a rir-se pela sala, em quanto elle a perseguia, rindo-se tambem.

Como duas creanças, uma corria, outro cercava correndo tambem: Maria ligeira e viva escapava, rodeando o cravo e as cadeiras; mas por fim deixando-se enganar, ou enganada pelo falso ataque simulado por um lado, foi pelo outro cahir nos braços de Gonçalo Pereira, soltando um fraco grito evidentemente de alegria menos pudica.