Contos Tradicionaes do Povo Portuguez/O canto do gallo

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Contos Tradicionaes do Povo Portuguez por Teófilo Braga
216. O canto do gallo


216. O CANTO DO GALLO

Quando os Apostolos estavam á meza, affirmaram elles que Christo não era Deus; e Christo respondeu:

— Que tanto era Deus como o gallo fallar.

Foi então que o gallo disse: Coroado!

E ainda hoje é a sua linguagem.

(Penafiel.)



Notas[editar]

216 a 227. — Na Italia e Hespanha são frequentes estas lendas, ultimo vestigio da elaboração dos Evangelhos populares a que a Egreja chama apocryphos. Pittré colligiu-as sob o titulo de Cyclo legendario evangelico. Na Andaluzia este genero de contos tem um nome popular; chama-se-lhes Susedios e Suseíos, considerando-os não como contos mas Succedidos (acontecidos). Rodriguez Marin colligiu Cinco contezuelos populares andaluzes, em que Sam Pedro é o heroe, uma especie de Sancho.