Diccionario Bibliographico Brazileiro/Antonio Alves de Souza Carvalho

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Diccionario Bibliographico Brazileiro por Sacramento Blake
Antonio Alves de Souza Carvalho


Antonio Alves de Souza Carvalho - E' natural da provincia de Pernambuco, onde fez todos os seus estudos e recebeu o grau de bacharel em sciencias sociaes e juridicas.

Presidiu as provincias do Espirito Santo, de Alagôas e do Maranhão; representou sua provincia na camara temporaria em diversas legislaturas desde a 12ª, de 1863 a 1866, como actualmente a representa; é advogado na capital do Imperio, e official da ordem da Roza.

« Cidadão muito illustrado - diz a Democracia, de Pernambuco, n'um artigo assignaào por A. L., transcripto no Diario de Pernambuco de 14 de março de 1881, sobre sua candidatura á assembléa geral - talento robusto, perspicaz e vasto, luctador incansavel, de extrema moderação e prudencia, de sagacidade politica e recursos intellectuaes, esse nossOamigo merece-nos toda estima e a mais elevada consideração. »

Tem escripto muito sobre a politica do paiz, quer na imprensa periodica, onde publicou, ha pouco, muitos e importantes escriptos sob o pseudonymo de Cambysis, quer em pamphletos, como:

- O Brazil em 1870. Rio de Janeiro, 1870, 81 pags. in-8º- Opusculo em opposição à politica conservadora. - O imperialismo e a reforma. Rio de Janeiro, 1865, 105 pags. in-4.°

- A crise da praça em 1875. Rio de Janeiro, 1875, 109 pags. in-8.º

- A eleição de senador pela provincia da Parahyba e os senhores João Alfredo e Diogo Velho: exposição ao publico. Rio de Janeiro (sem data), 1 fl. in-fol. gr.

- Reforma eleitoral: discurso pronunciado na camara dos senhores deputados na sessão de 3 de junho de 1880. Rio de Janeiro, 1880, 35 pags. in-8º - Como este têm sido reproduzidos em opusculos alguns de seus discursos, constantes dos annaes do parlamento.

- Diario do Brazil: folha politica. Rio de Janeiro, 1882 - O doutor Souza Carvalho foi o fundador e é o principal redactor desta folha, que continúa a sair.