Esta noite, à meia-noite (I)

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Esta noite, à meia-noite,
Ouvi cantar uma coruja;
Parecia que dizia:
Salta daqui, cara suja!