Eu hei de te amar, oh! rosa

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
(Eu hei de te amar, oh! rosa)
Quadra de tradição popular coletada por João Simões Lopes Neto
Poema agrupado posteriormente e publicado em Cancioneiro Guasca .


Eu hei de te amar, oh! rosa,
Que és tão mal-agradecida;
Por bem fazer,mal haver,
São as pagas desta vida!