Fabulas de Esopo/O Corvo e o Escorpião

Wikisource, a biblioteca livre
< Fabulas de Esopo
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fabulas de Esopo por Esopo, traduzido por Manuel Mendes da Vidigueira
O Corvo e o Escorpião


FABULA VII.


O Corvo e o Escorpião.

Sahia da sua toca hum Escorpião, e o Corvo que o vio, abateo-se á terra e o levou nas unhas: depois de voar hum espaço, para comer o que caçara pousou no chão; mas o Escorpião picou o Corvo de maneira que cahio morto, e elle foi livre em paz.


MORALIDADE.


Este Corvo significa os que, como diz o adagio, vão buscar lã e tornão tosquiados. Assim acontece muitas vezes que quem arma a trampa, esse cahe nella, e o que ordena a traição morre em poder de traidores.