Ingratidão

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ingratidão
por Chiquinha Gonzaga


Eu não esqueço tua ingratidão
E nunca pude acreditar
No que tu fez comigo

Vou te deixar
E vou te abandonar
E nunca mais quero te ver

A vida é bela
Pra quem sabe amar
E você nunca deu valor
Ao nosso grande amor

Chega de sofrer
Chega de chorar
Agora vou esquecer o que passou

Mas eu não quero acreditar
No que eu chorei, no que eu sofri
Agora vou esquecer o que passou

Não quero te perdoar
Vou machucar seu coração
Você vai ver como é bom cantar
Como é bom viver de recordação