Já dança na corda bamba

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Já dança na corda bamba
por João Simões Lopes Neto
Publicada originalmente em sua coluna, Balas de estalo, em 27 de setembro de 1888, utilizando o pseudônimo Job Rünchado.


Já dança na corda bamba
SÔ DÔTÔ Silva Jardim;
É isto: sempre é assim,
Já dança na corda bamba:
Não se chega nunca ao fim,
Senão passando no samba;
Já dança na corda bamba,
SÔ DÔTÔ Silva Jardim.

Senhor Zé do Patrocínio
Deita...ENERGIA na frase:
E quer que tudo se arrase,
Senhor Zé do Patrocínio!
Para tudo ele tem base;
Ferro, fogo, morticínio
Senhor Zé do Patrocínio
Deita energia na frase.

Dá-se de prêmio um doce
A quem decida a questão:
De que lado está a razão?
Dá-se de prêmio um doce. —
Quem é RATA? — Votação!
Vejamos quem é que tosse:
Dá-se de prêmio um doce
A quem decida a questão!...