João Ferreira de Almeida (1819)/Mattheus/XVI

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
  1. E CHEGANDO se os Phariseos e os Sadduceos a elle, atentando o, pediraõ lhe que lhes mostrasse algum sinal do Ceo.
  2. Mas respondendo elle, disselhes: Quando ja a tarde he vinda, dizeis: Bom tempo; porque o ceo se envermelhece.
  3. E pella manhaã: Hoje averá tempestade; porque o ceo se envermelhece triste. Hypocritas, bem sabeis vos fazer differença na face do ceo; e nos sinaes dos tempos naõ podeis?
  4. A geraçaõ má e adulterina pede sinal; e sinal lhe naõ será dado, senaõ o sinal de Jonas o Propheta. E deixando os, foyse.
  5. E vindo seus discípulos á outra banda, aviaõ se esquecido de tomar paõ com sigo.
  6. E Jesus lhes disse: Olhae bem, e guardae vos do fermento dos Phariseos e Sadduceos.
  7. E elles arrezoavaõ entre si, dizendo: Isto he porque connosco naõ tomàmos paõ.
  8. E entendendo o Jesus, disselhes: Que arrazoais entre vos mesmos, homens de pouca fé, que naõ tomastes com vosco paõ?
  9. Naõ entendeis ainda, nem vos lembrais dos cinco paens dos cinco mil homens, e quantas alcofas levantastes?
  10. Nem dos sete paens dos quatro mil, e quantos cestos levantastes?
  11. Como naõ entendeis, que naõ polo paõ vos disse, que vos guardasseis do fermento dos Phariseos e Sadduceos?
  12. Entonces entenderaõ, que naõ disséra que se guardassem do fermento do pai, senaõ da doutrina dos Phariseos e Sadduceos.
  13. E vindo Jesus a as partes de Cesarea de Philippo, perguntou a seus discípulos, dizendo: Quem dizem os homens que sou eu, o filho do homem?
  14. E elles disseraõ: Alguns Joaõ Baptista, e outros Elias, e outros Jeremias, ou algum dos Prophetas.
  15. Disselhes elle: E vosoutros, quem dizeis que eu sou?
  16. E respondendo Simaõ Pedro, disse: Tu es o Christo, o Filho do Deus vivente.
  17. E respondendo Jesus, disselhe: Bemaventurado es tu, Simaõ Bar-Jonas; porque carne e sangue t'o naõ revelou, mas meu Pae, que está nos ceos.
  18. E tambem eu te digo, que tu es Pedro, e sobre esta pedra edificarei minha Igreja; e as portas do inferno naõ prevaleceráõ contra ella.
  19. E a ty te darei as chaves do reyno dos ceos; e tudo o que liares na terra, será liado nos ecos; e tudo o que desliares na terra, será desliado nos ecos.
  20. Entonces mandou a seus discipulos, que a ninguem dissessem que elle era Jesus o Christo.
  21. Desd'entaõ começou Jesus a mostrar a seus discipulos, que lhe convinha ir a Jerusalem, e padecer muyto dos anciaõs, e dos principes dos sacerdotes, e dos escribas, e ser morto, e resuscitarse a o terceiro dia.
  22. E tomando o Pedro com sigo, começou o a reprender, dizendo: Senhor, tem compaixaõ de ty; por nenhum modo te aconteça isto.
  23. Porem virando-se elle, disse a Pedro: Arreda-te de diante de my, Satanás, que escandalo me es: porque naõ comprendes as cousas, que saõ de Deus, senaõ as que saõ dos homens.
  24. Entonces disse Jesus a seus discipulos: Se alguem quiser vir após my, negue se a si mesmo, e tome sobre si sua cruz, e siga me.
  25. Porque qualquer que quiser salvar sua vida, perde-la-ha; porem qualquer que por amor de my perder sua vida, acha-la-ha.
  26. Porque, que aproveita a o homem, se grangear todo o mundo, e perder sua alma? ou que dará o homem em recompensa de sua alma?
  27. Porque o Filho do homem virá na gloria de seu Pae com seus anjos; e entonces renderá a cada hum segundo suas obras.
  28. Em verdade vos digo, que alguns lia dos que aqui estaõ, que naõ gostaráõ a morte, até que naõ vejaõ vir a o filho do homem em seu Reyno.