Marmores (1895)/Lieder de Gœthe/Lied sicilien

Wikisource, a biblioteca livre
< Marmores (1895)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lied sicilien
por Goethe, traduzido por Francisca Júlia
Poema publicado em Marmores (1895).

LIEDER DE GŒTHE

Lied sicilien

II

Olhos! que ateaes os corações e a guerra,
Olhos, quando piscaes, olhos de brazas,
Muralhas abalroam, caem casas,
E enormes paredões rolam por terra!

Assim, a um golpe rapido de vista,
Esta debil e tremula muralha,
Dentro da qual meu coração trabalha,
Como quereis, dizei-me, que resista?