Miss Dollar/V

Wikisource, a biblioteca livre
< Miss Dollar
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Miss Dollar por Machado de Assis
Capítulo V


V.


Dias depois, Andrade e Mendonça forão á casa de Margarida, e lá passárão meia hora em conversa ceremoniosa. As visitas repetírão-se; erão porém mais frequentes da parte de Mendonça que de Andrade. D. Antonia mostrou-se mais familiar que Margarida; só depois de algum tempo Margarida desceu do Olympo do silencio em que habitualmente se encerrára.

Era difficil deixar de o fazer. Mendonça, comquanto não fosse dado á convivencia das salas, era um cavalleiro proprio para entreter duas senhoras que parecião mortalmente aborrecidas. O medico sabia piano e tocava agradavelmente; a sua conversa era animada; sabia esses mil nadas que entretêm geralmente as senhoras quando ellas não gostão ou não podem entrar no terreno elevado da arte, da historia e da philosophia. Não foi difficil ao rapaz estabelecer intimidade com a familia.

Posteriormente ás primeiras visitas, soube Mendonça, por via de Andrade, que Margarida era viuva. Mendonça não reprimio um gesto de espanto.

— Mas tu fallaste de um modo que parecias tratar de uma solteira, disse elle ao amigo.

— É verdade que não me expliquei bem ; os casamentos recusados forão todos propostos depois da viuvez.

— Ha que tempo está viuva?

— Ha tres annos.

— Tudo se explica, disse Mendonça depois de algum silencio; quer ficar fiel á sepultura ; é uma Arthemisa do seculo.

Andrade era sceptico a respeito de Arthemisas; sorrio á observação do amigo, e, como este insistisse, replicou:

— Mas se eu já te disse que ella amava apaixonadamente o primeiro pretendente e não era indifferente ao ultimo.

— Então, não comprehendo.

— Nem eu.

Mendonça desde esse momento tratou de cortejar assiduamente a viuva; Margarida recebeu os primeiros olhares de Mendonça com um ar de tão supremo desdem, que o rapaz esteve quasi a abandonar a empreza ; mas, a viuva, ao mesmo tempo que parecia recusar amor, não lhe recusava estima, e tratava-o com a maior meiguice d’este mundo sempre que elle a olhava como toda a gente.

Amor repellido é amor multiplicado. Cada repulsa de Margarida augmentava a paixão de Mendonça. Nem já lhe merecião attenção o feroz Caligula, nem o elegante Julio Cesar. Os dous escravos de Mendonça começárão a notar a profunda differença que havia entre os habitos de hoje e os de outro tempo. Suppuzerão logo que alguma cousa o preoccupava. Convencêrão-se d’isso quando Mendonça, entrando uma vez em casa, deu com a ponta do botim no focinho de Cornelia, na occasião em que esta interessante cadellinha, mãi de dous Grachos rateiros, festejava a chegada do doutor.

Andrade não foi insensivel aos soffrimentos do amigo e procurou consolal-o. Toda a consolação n’estes casos é tão desejada quanto inutil ; Mendonça ouvia as palavras de Andrade e confiava-lhe todas as suas penas. Andrade lembrou a Mendonça um excellente meio de fazer cessar a paixão: era ausentar-se da casa. A isto respondeu Mendonça citando La Rochefoucauld:

« A ausencia diminue as paixões mediocres e augmenta as grandes, como o vento apaga as velas e atiça as fogueiras. »

A citação teve o merito de tapar a boca de Andrade, que acreditava tanto na constancia como nas Arthemisas, mas que não queria contrariar a autoridade do moralista, nem a resolução de Mendonça.