Os meus olhos vertem água

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
(Os meus olhos vertem água)
Quadra de tradição popular coletada por João Simões Lopes Neto
Poema agrupado posteriormente e publicado em Cancioneiro Guasca .


Os meus olhos vertem água,
Que um passarinho bebe:
Quando 'starei só contigo,
Claro sol, divina neve!