Página:A Guerra de Canudos.djvu/242

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
206
A Guerra de Canudos

Pimentel e Severino Ramos; do 25° o capitão Xavier dos Anjos e o alferes Fraga Junior; do 30° o alferes Oliveira Praxedes; do 32° o tenente Victor Modesto e alferes Silva Lopes; do 35° o tenente Ignacio dos Reis e o alferes Octaviano Neves. Tambem finou-se o alferes Cysneiros Cavalcante, ajudante d'ordens.

Foram ainda feridos: o capitão Buchële, commandante do 12°, capitão Antunes Leite, commandante do 14°, capitão Benjamim M. Alves, do 25°; os tenentes Tacito de M. Wernes e Fonseca Galvão; os alferes Upacarahy de Lemos (morto em consequencia), Roggers, Menezes Doria, Vieira Braga, Tinoco Valente, Cavendisk, Marques Porto, Maramaldo, Francellino da Silva, Cantalice de Souza, J. Luiz Gomes Junior, Daniel de Carvalho e outros, perfazendo o grande total de 67 officiaes fóra de combate, sendo mortos 27.

Anoiteceu. Embrenhados n'um local desconhecido inteiramente,expostos ao imprevisto, os corpos baralhados n'uma geral dezorganisação, tornava-se indeciza a situação e os combatentes, inquietos, indagavam-se sobre o que ainda poderia occorrer.

Entrementes, a escuridão que nos cercava e uma espessa e fria garôa cahindo desde que escureceu, contribuiam para tornar nossa pozição ainda mais incerta e confuza, pois, difficil-