Página:A Guerra de Canudos.djvu/465

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
A Guerra de Canudos
395

dos, officiaes e soldados, expendendo considerações sobre vários assumptos referentes á finda campanha, salientando a traição do inimigo, que, pedindo uma hora de treguas para render-se, á 50 metros de distancia perfidamente fuzilava os soldados, que confiantes na palavra empenhada, iam com elle confabular.

Terminava, rendendo as homenagens do maior respeito á memoria dos bravos que tombaram sem vida no campo da honra, personificados em T. Flores, Tupy Caldas e outros valorosos chefes e officiaes.

Antes de seguir, o General Oscar ordenou sobre varias medidas relativas a evacuação final dos restantes batalhões, dos feridos e do material. Assim, foi determinado que a 6ª. brigada, ás ordens do coronel Sampaio, se conservasse em Canudos, até que fossem transportados os feridos e o material para Monte Santo e para ahi conduzida a grande copia de munições de guerra e de bocca, accumulada fartamente durante a ultima phase das operações.

Ainda durante alguns dias, a 6ª. brigada permaneceu no ex-arraial, até que o material, todos os feridos e prizioneiros deixaram Canudos. Sendo a ultima força que chegou, foi a ultima que partiu, conforme estava deliberado, tendo marchado á 30 de Outubro. O coronel