Página:A Patria Brazileira.djvu/190

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
— 174 —


Tu que erguias, subida na pyramide, Formada pelos mortos do Cabrito, Um pedaço de gladio — no infinito.. Um trapo de bandeira — n′amplidão:...

Capitulo OIII

Cabos, pontas e ilhas (*)

Dentre as diversas ponhas e coMs existentes na vasta costa hrazileira, apontaremos: Orange e Norie, no Estado do Pará; Mucitripe, no Geará; S. Roque, no Rio Grande do ′orte; Brcmco, na Parah3d3a; Santo Agostinho, em Pernam- ])uco; S. Thojné e F7H0, no Rio de Janeiro; Scmta Martha, em Santa Gatharina.

Do cabo Santo Agostinho occupam-se nossos historiadores com relação á possibilidade de ter sido essa terra a avistada por Vicente Yanez Pinson, em 26 de Janeiro de 1500, denominando-a Santa Maria de la Consolacion, antes mesmo de ter sido o descobrimento do Brazil assignalado por Portugal.

Estabelecem duvidas, entre outros, o Visconde de Porto Seguro, em sua frz5/orza Geral c/o rrV/, procurando demonstrar com argumentos ter sido a ponta de Mucuripe, no Ceará, a terra avistada por Pinson.

Querem outros ainda que o cabo em questão tivesse sido o do Norte, no Estado do Pará.

(*) Cabo é uma porção estreita de terra que entra pelo mar. Ponta é um cabo pequeno. Os cabos e as pontas são assignalados á navegação por pharòes. ////a é uma porção de terra cercada de agua.