Página:A Patria Brazileira.djvu/276

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
— 258 —


Si o pretenderem matar com"um instrumento de ferro ou de aço, excellentes conductores de electricidade, aíRrma-se, ao primeiro movimento neste sentido, o poraqué, sem que se possa evitar, fará com um simples estremecimento de seu corpo cahir longe a arma offensiva!

O D′" Francisco de Castro, do Pará, assim se refere ao peixe eléctrico;

«Este peixe ha])ita os lagos, igarapés e rios da America meridional, preferindo os primeiros e os igarapés, por terem aguas menos movediças: é encontrado, porém, mais particularmente nas provindas do Pará e xVmazonas, onde se lhe dá o nome de poraqué, e os ha ahi em grande quantidade e de todos os tamanhos, chegando alguns a terem 5 e 6 pés de comprimento e quasi meio pé de diâmetro na sua maior grossura. A cor da pelle é preta excepto na parte inferior da mandíbula, e por baixo do pescoço, ([ue é de um bello vermelho. A sua configuração em geral é como a das enguias, pelo que os francezes lhe tem chamado enguia eléctrica.

Tem a propriedade fulminante em alto gráo, dando choques ou commoções eléctricas vigorosas nos seus inimigos e em tudo quanto o toca, por forma que abate e fere de torpor inevitável e temporário, não só os peixes, como também os homens e os mais animaes. Quando a descarga eléctrica é muito forte e o torpor profundo, sendo ao mesmo tempo dirigida sobre algum, ou alguns dos órgãos importantes e essenciaes á vida, acontece algumas vezes segiiir-se a morte, a qual sol)revém então por asphixia. O apparelho ou pilhas, onde por uma singular faculdade este animal segrega a electricidade, occupa os lados da cauda ou rabo, e toma o volume de nove décimos do corpo e talvez metade da sua espessura.

A sua composição orgânica é admirável, e recebe na estructura extraordinarissimo numero (U n.ervos, e finas cartilagens. A sua carne é pouco ou quasi nada utilisada nos usos