Página:A campanha de Canudos.pdf/134

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
130
a campanha de canudos

Nada, entretanto, justifica semelhante mira.

A verdade é — que a victoria havia, afinal, corôado as armas da republica; tocassem, portanto, as cornetas alvorada, rom­pessem as bandas de musica no hymno nacional, erguessem officiaes e soldados os vivas mais estrepitosos; muito justo. Mas, na hora do triumpho, era um crime o excesso de zelo, que se manifes­tava em perseguir ou eliminar o compatriota vencido. E quanto campeão famoso e quanto heróe aproveitável assim se inutilizou para sempre!

O ministro da guerra estava, então, em Monte Sancto. Dahi foi que elle passou ao presidente da republica o telegramma que se segue:

« 6 de outubro de Í897 — Tenho o prazer de communicar a v . ex. que agora, 7 ½, horas da manhã, acabo de receber officio do general Arthur Oscar participando-me — que hontem, às 4 horas da tarde, a cidadella de Canudos cahiu definitiva­mente em nosso poder, e que os pormenores virão depois. Neste momento despacho um proprio, exigindo que o mesmo me declaro o que é feito de Antonio Conselheiro. Cordiaes sau­dações.— M. Bittencourt, ministro da guerra.» E no dia seguinte elle transmittiu este outro despacho:

« Monte Sancto, 7 de outubro de 1897 — Urgentíssimo — Sr. pre­sidente da republica — Parabéns a v . ex. e à republica. Recebi agora officio do general A. Oscar participando — que hontem foi reconhecida a identidade da pessoa de Antonio Conselheiro, no cadaver encontrado no sanctuario, o qual demonstra ter Conse­lheiro fallecido ha 15 dias. De tudo se lavrará um auto em Ca­nudos, sendo o cadaver photographado. Cordiaes saudações.— M. Bittencourt.»

O honrado presidente da republica respondeu assim:

« Rio de Janeiro, 7 de outubro de 1897 — Ministro da guerra, Monte Sancto — A noticia da tomada de Canudos e da confirmação da morte de Antonio Conselheiro foi recebida com geraes applausos pelo Governo e população que, em suas manifestações de regozijo, acclama com expansiva alegria o exercito nacional. Peço a v. ex. que transmitta ao general Arthur Oscar e ás forças do seu commando minhas cordiaes congratulações pela terminação