Página:A campanha de Canudos.pdf/143

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
a campanha de canudos
139

Banquetes, espectaculos de gala, festins de toda ordem, quer publicos, quer particulares, attestaram — que a fibra nacional havia se retemperado ao calor do novo triumpho, obtido pela autoridade e pela lei.

E porque as glorias de uma nação civilizada nunca se podem separar do respeito devido ás victimas, que cahem cumprindo seu dever, nem da saudade que despertam sempre os compa­triotas immolados a um idéal, embora falso, os mortos de Canudos tambem tiveram sua consagração espacial.

A 28 de outubro, celebram-ge, na cathedral do arcebispado da Bahia, pomposas exequias, em suffragio das almas de todos que haviam se finado, no centro do Estado, pelejando nessa cam­panha, que melhor fôra nunca tivesse tido ensejo de se travar.

Destruido inteiramente o povoado de Canudos pelo machado e pelo fogo, os batalhões começaram a voltar. Primeiramente, os de policia do Amazonas, Pará, Bahia e S. Paulo, que se reti­raram logo apôs a derrota dos jagunços. Depois, nodia 12, regressaram tambem os batalhões 7 e 14 de infantaria do exercito. No dia 14 partiram mais tres: os de ns. 25, 27 e 30. Do dia 15 por diante, todos os outros vieram tornando aos seus quarteis.

Mas, por ordem do general em chefe, a 6ª brigada perma­neceu em Canudos, até que foram removidos para Monte-Sancto os feridos e prisioneiros; e transportadas as munições de bocca e de guerra, ainda existentes, parte das quaes tinha sido arre­cadada em casa de Antonio Villa-Nova, e nas de outros agentes do Conselheiro. Das armas modernas de que os jagunços estavam providos, conforme se propalara, nenhuma foi com tudo arrecadada.

Quasi todos os prisioneiros eram mulheres e crianças, nenhum delles, ainda assim, articulava a menor queixa, nem dava aos seus adversarios o mais ligeiro indicio de temor ou desfallecimento. Estavam todos emmagrecidos e anemicos; alguns exhibiam ferimentos de caracter gravíssimo. E, segundo o teste­munho de pessoa insuspeita, desde que qualquer delles não podia mais caminhar atirava-se á beira da estrada. Então pedia que deixassem-no ahi morrer tranquillo, si não preferissem matal-o immediatamente, à faca ou bala, como a outros haviam