Página:A campanha de Canudos.pdf/15

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
11
a campanha de canudos


não só para manter a ordem e o respeito devidos á autoridade, como para conduzir o preso Antonio Vicente Mendes Maciel, entreguei não sô o mesmo preso, como ainda o outro, de nome Paulo Josó da Rosa, que se achavam aqui detidos por ordem de v. s. para serem remettidos á secretaria, segundo me or­denou em officio de 15 de abril ultimo.

Em presença da força, desistiram os fanaticos do plano entre elles combinado da desmoralização á autoridade, pois só essa providencia os faria conter desse proposito ; sendo certo que agora propalam — que o farão na volta do seu Sancto Antonio, como chamam o primeiro dos presos ; o que contam por certo.

A ’ vista desse máu plano que, em face das circurnstancias, executarão, peço a v . s. para dar providencias, afim de que não volte o dito fanatisador do povo ignorante ; e creio que v. s. assim o fará, porque não deixará de saber da noticia, que ha mezes appareceu, de ser elle criminoso de morte na provincia do Ceará.

Tambem aproveito a occasião para remetter a v. s. pelo mesmo alferes os individuos de nomes José Manoel e Estevam ; o primeiro recrutei para o exercito, visto não apresentar isenção alguma, não ter pae nem mãe, e não ter emprego nenhum conhecido, senão o de larapio ; pois ha poucos dias furtou a uma pobre viuva 60$, que ella reservava de suas economias para suas precisões, e os deu quasi todo a mu­lheres perdidas. E o segundo, por denuncia que tive de ser captivo de uma viuva, residente no Porto da Folha, na provincia de Sergipe, e andar aqui constantemente embriagado, e insul­tando as autoridades, como ha pouco acaba de praticar com o dr. juiz de direito desta comarca.

Esses individuos são fanatizados, e partidários do preso An­tonio Vicente Mendes Maciel.

Deus guarde a v . s. Illm. sr. dr. João Bernardes de Maga­lhães, m. d. chefe de policia desta provincia.— O delegado em exercioio, Francisco Pereira da Assumpção. »

Com o fim de averiguar a procedência da imputação que se fazia ao Conselheiro, enviou-o logo depois o chefe de po-