Página:A escravidão dos negros.pdf/97

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
CONDORCET
93

vidão e sobre a pretendida importancia politica das colonias de canna d'assucar. Um trabalho escripto por um estrangeiro póde, sobretudo, ser util para a França, pois não será facil destruir-lhe o effeito com uma só palavra, dizendo ser obra de um — philosopho.

     Este nome, tão respeitado outr'ora tornou-se, n'esta nação, uma injuria; e, ¿de quan La cousa não são aqui accusados injustamente os philosophos? — Si alguns escriptores teem-se levantado contra a escravidão dos negros; — são philosophos, dizem logo e pensam ter-lhes respondido. Houve quem propuzesse abolir o uso extravagante e nocivo de enterrar os cadaveres no interior das igrejas ou mesmo no centro das cidades; — veem dos philosoplos taes idéas. Algumas pessoas teem-se subtrahido, pela inoculação, aos perigos da bexiga; — é por conselho dos philosophos. Foram supprimidas as festas, os Celestinos e os Jesuitas; — foram causa os pltilosophos, que teem tambem tentado espalhar a opinião absurda que o mundo póderia subsistir ainda que não houvesse mais frades, Falla um historiador com indignação das carnificinas dos Albigenses ou do São Bartholomeu, dos assassinatos da inquisição, dos doctol'es que declararam Henrique IV desthronado, que contra e!le aguçaram tantos punhaes; immediatamente é denunciado como um philosopho inimigo do throno e do altar.

     Si foi supprimido, ha pouco, o uso de estallar entre pranchas os ossos dos accusados afim de coagil-os a confessar a verdade; — foi porque os phisolophos teem decla-