Página:Americanas.pdf/57

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
43
POTYRA


Do que elle as mãos lançou ao collo e á fronte
Da misera Potyra. Ai! não, não diga
A minha voz o lamentoso instante
Em que ella, ao seu algoz volvendo anciosa
Turvos olhos: «Perdoo-te!» murmura,
Os labios cerra e immaculada expira!