Página:Contos Populares do Brazil.pdf/47

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
7
ELEMENTO EUROPEU

bellando[1] Os carneiros quebraram a pedra e voou uma pomba. O principe pegou na penna e disse: «Valha-me o rei dos pombos!» Chegaram muitos pombos e correram atraz da pomba até que a pegaram. O principe abriu-a e achou o ovo. Quando estava n'isto, lá o Manjaléo estava muito desfallecido, pegou no alfange e ia dando um golpe na princeza. Foi quando cá o principe quebrou o ovo, e apagou a vela; ahi o bicho cahiu sem ferir a moça. O principe foi ter com ella, e levou-a para palacio, onde houve muitas festas.




II


Os tres coroados


(Sergipe)


Foi um dia, havia tres moças já orphãs de pai e mãi. Uma vez, ellas estavam todas tres na sacada de seu sobrado, quando viram passar o rei. A mais velha disse: «Se eu me casasse com aquelle rei, fazia-lhe uma camisa como elle nunca viu.» A do meio disse: «Se eu me casasse com elle, lhe fazia uma ceroula como elle nunca teve.» A caçula disse: «E eu, se me casasse com elle, paria tres coroados.»

O rei ouviu perfeitamente a conversa, e, quando foi no dia seguinte, foi ter a casa das moças e lhes disse: «Appareça a moça que disse que, se se casasse commigo, paria tres coroados.» A moça appareceu, e o rei levou-a, e casou-se com ella. As irmãs ficaram com muita inveja e fingiram não tel-a. Quando a moça appareceu gravida, as irmãs metteram-se dentro do palacio, com apparencias de ajudal-a em seus trabalhos. Aproximan-

  1. Enganando.