Página:Diccionario bio-bibliographico cearense - volume primeiro.djvu/110

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Crato em 1889 sob a direcção de Monsenhor Francisco Monteiro e os concluiu em 1893 na Bahia, em cuja Faculdade se matriculou em 1894.

No 3.° anno do curso transferiu a matricula para o Rio de Janeiro, e ahi foi interno do Hospital de S. Sebastião, destinado a doentes de febre amarella, e interno da S. Casa de Misericórdia.

No anno seguinte, 1897, transferiu-se de novo para a Faculdade da Bahia, onde serviu como interno da clinica do Dr. Froes durante a dolorosa quadra de Canudos. Em 1898 foi nomeado interno de Clinica Propedêutica (Prof. Alfredo Britto) e em 1899 diplomado pela Faculdade.

Logo após a formatura visitou o Estado do Amazonas, percorrendo quasi todo Juruá, e em seguida clinicou em Barbalha até fins de 1901 quando partiu para o Estado do Rio de Janeiro.

Em Fevereiro de 1907 foi nomeado 1.° Tenente Cirurgião da Armada após haver sido classificado em concurso.

Em Novembro de 1908 pediu e obteve licença para estudar nos hospitaes da Europa.

Sua These de doutoramento apresentada á Faculdade da Bahia, pela qual é tanibem Pharmaceutico, versou sobre: Diagnostico e Tratamento da Moléstia de Reichmann, e foi approvada com distincção. Sahiu da Imprensa Moderna de Prudencio de Carvalho, Bahia, Rua S. Francisco n.° 29, Bahia.

Do Dr. Filgueiras Sampaio conheço mais: —Hygiene Naval. Conferencia realisada a bordo do Cruzador «Tiradentes», Bahia, 1908, 12 pp.

Antonio Gomes Pereira Junior (Dr.) — Filho de Antonio Gomes Pereira e de D.a Marianna Gertrudes Pereira, nasceu em Fevereiro de 1854. Bacharel pela Academia de Recife.

Exerceu na Provinda os logares de promotor publico de Baturité (29 de Maio de 1875) e secretario da Província nas administrações José Julio e Padua Fleury. Foi tambem presidente da Provinda de Goyaz.

91