Página:Diccionario bio-bibliographico cearense - volume primeiro.djvu/121

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Antonio Joaquim Rodrigues Junior (Cons.º) — Filho do negociante Antonio Joaquim Rodrigues e D.ª Anna de Albuquerque Rodrigues, nasceu a 12 de Março de 1837 na cidade de Sobral, e falleceu em Fortaleza a 14 de Maio de 1904.

Em 1851 seguiu para Pernambuco a concluir os estudos de humanidades, iniciados no torrão natal com o Rvd.mo padre Antonio da Silva Fialho, matriculando-se em 1853 na Academia de Direito, que ainda então funccionava em Olinda.

Feito o tirocínio académico e havendo conquistado a carta de Bacharel, voltou em 1857 para Sobral, onde abriu banca de advogado.

Entrando para a vida publica, de accordo com as ideias, que recebera no berço, tomou logar nas fileiras do partido liberal, que lhe deu em recompensa desde então em troca de seus bons serviços todos os postos e todas as distincções de que pode dispor a politica no paiz, pois foi deputado provincial, deputado geral, vice-presidente da provincia e finalmente ministro (ministério Lafayette). Redigiu por muitos annos o Cearense, orgam do partido.

Administrou a provincia como 1.º Vice-presidente em 1868 entregando a administração ao Dr. Gonçalo B. Vieira, depois Barão de Aquiraz, na subida dos conservadores ao poder.

Delle conheço:

Discursos pronunciados na Camara dos Deputados nas sessões de 31 de Julho e 12 de Agosto de 1880, Rio de Janeiro, Typ. Nacional, 1880, in 8.º de 53 pp. — Discurso pronunciado na Camara dos Deputados na sessão de 20 de Agosto de 1887, Rio de Janeiro, Imprensa Nacional, 1887.

Além desses, que foram tirados em folhetos, o Conseselheiro Rodrigues Junior pronunciou outros discursos, que se encontram publicados nos jornaes políticos do paiz.

Protesto, folheto de 7 pp. in 8.º publicado a 3 de Maio de 1900. Refere-se ás eleições procedidas no Estado a

31 de Dezembro de 1899.

102