Página:Diccionario bio-bibliographico cearense - volume primeiro.djvu/92

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


— Lyriss, poemêto, S. F^ulo, Typ. Brazil, de Carlos Gerke e C.a, in 16.º de 35 pp., 1898.

— Divorciados, romance, Rio de Janeiro, Papelaria de Almeida Marques & C.a, rua da Quitanda 48, 1908, in 8.º de 227 pp., com retrato.

— Poesias, collecção contendo producções poéticas, esparsas em Revistas de arte ou em plaquettes. Figuram entre ellas O Castello, A gloria do jasmineiro, Apparição, Stclla matutina, Ave Maria, Rumo do Oriente.


Antonio da Justa Seixas Corrêa (Dr.) — Doutor em Medicina pela Faculdade do Rio de Janeiro.

Filho do negociante Com.or Luiz de Seixas Corrêa, natural do Maranhão, e D.ª Maria da Justa de Seixas Corrêa, nasceu em Fortaleza a 11 de Março de 1864.

Sua These de doutoramento apresentada á Faculdade occupou-se Da febre amarella.

Reside actualmente no Rio de Janeiro.


Antonio de Almeida (P.e) — Filho de Antonio de Almeida e Azevedo Coutinho e D.ª Eugònia Gomes de Almeida.

Prestou relevantes serviços na guerra do Paraguay para onde partiu como voluntário addido a uma ala da policia da Província de Pernambuco a 6 de Dezembro de 1865, serviu nos hospitaes do Saladero, S. João, Estaleiro, Bateria Chacarita sendo que este era o reservado aos cholericos, assistiu aos combates de 16 e 18 de Julho de 1866, serviu ainda nos hospitaes de Humaytá, Ilha do Cerrito, Rosário e Villeta até Maio de 1870.

Sua Fé de Officio, que é um bello documento de seus sentimentos christãos, foi publicada no Jornal do Commercio do Rio de Janeiro e vem transcripta no n.º 204 da Constituição de Fortaleza.

O P.e Antonio de Almeida voltou ao Ceará em Novembro de 1870.

E’ o autor das Lições elementares de Logica dispostas com methodo simples e facil para o primeiro ensino. Rio de

73