Página:Dom João VI no Brazil, vol 2.djvu/37

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


DOM JOAO VI NO BKAZIL 601

Meridional como a toda a Europa por esses patriotas e esses reformadores" (i), do outro partido.

A attitude da Inglaterra foi comtudo, official e popu- larmente, hostil de modo inequivoco a Portugal e a sua politica platina. Para a Inglaterra a solugao mais vantajosa era a da independencia por significar liberdade commercial nas melhores condigoes. Uina extensao qualquer de mercados chegava n esse momento o mais a proposito para compensar a ma vontade que contra as industrias britannicas continuava a ser ciosamente cultivada no gontinente. "A independencia d esse immenso e rico paiz, escrevia um dos mais conceitua- dos jornaes (2), desenvolveria em poucos annos os sens recursos ao mesmo tempo que as suas necessidades, em grau tal que se produziria um justo equivalente de todos os pre- juizos que possamos experimentar nos outros mercados da Europa."

Argumentava a imprensa iagleza com o perfeito titulo das colonias hespanholas a independencia desde o dia em que Fernando VII abandonara o iinperio da Velha e Nova Hespanha a Jose Napoleao, e a America desconhecera o monarcha intruso. Por seu lado, uma vez restabelecido no throno, o Rei legitimo convidara os seus subditos ultramari- nos a sujeic/io sem condescender em Ihes conceder uma so garantia para as suas liberdades conquistadas. Isto no em-

��(li Ajuiila miesmo poriiKlico no arli^o cilr.do: "O govorno ], ]i u um direito I ^itimo ;i. s^u d-s,) ilisiii;).

nfio cont ;>n1 ;> de nioicionai 1 os seculo-s de obscurant isino da sua inonai - cliia, ])as:M:i- i soln c uma partc absurda da ImKua.m in t lnpnMi ada na J lscripi nva, pul)",ic;iii(I() ri c-ivlciuciiir 11111 catbcclsino no iiual o^ Apos- iolos e OS i "\ an,i;-:-!:slas vcjK l ;"in os dixcM cs di: I). I lvh o (Vvallos e dos ria CGrte a liespanha. Para r l ular eta doutrina e suas iic(.-u; s, o yai-lido oj/poslo, i^ii.-iliiK. iite inscnsalo, vai ao oxtromo e ciu vc/ <lc ciniltir dnvidas :-obi c a, in(c! 1 ])r( v ia(;ao, ivpcllo a rcgva, o

e mesmo a iV ." (2) }] ! nii.n<j ( In nnirk de 14 de Outubro :1

�� �