Página:Elementos de Arithmetica.djvu/122

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


2? Regra. Para passar um numero decimal da fórma de numero inteiro para a forma primitiva, escreve-se no numerador o numero dado, prescindindo ãa virgula, e, no ãenominaãor, a uniãaãe seguida ãe tantos zeros quantos fôr em os algarismos ãa parte fraccionaria.

148. Tratemos presentemente de estabelecer a regra para lêr um numero decimal qualquer.

Seja o numero 47,6587.

Lê-se, em primeiro logar, a parte inteira.

A parte fraccionaria, compondo-se de 6 décimos, 5 centesimos, 8 millesimos e 7 décimos millesimos, e sendo :

6 décimos=60 centesimos=600 millesimos=6000 décimos millesimos;

5 centesimos=50 millesimos=500 décimos millesimos ;

8 millesimos=80 décimos millesimos ; reunindo tudo isso com os 7 décimos millesimos, teremos 6578 décimos millesimos e o enunciado do numero é 47 unidades e 6587 décimos millesimos.

Devemos estabelecer a seguinte

Regra.— Lê-se aparte inteira e depois a fraccionaria, danão-lhe a denominação ãa ultima ordem.

Póde-se também lêr o numero decimal sem separar as duas partes, dando-lhe a denominação da ultima ordem. O numero 47,6587 lê-se ainda: quatrocentos e setenta e seis mil quinhentos e oitenta e sete ãecimos millesimos.

149. Um numero ãecimal não muãa ãe valor escrevendo á sua direita um numero qualquer ãe zeros.

Com effeito, dos números 3,472 e 4,4720, os algarismos conservam os mesmos valores relativos, e por isso esses números são iguaes.

Se em um numero decimal mudarmos a virgula para a direita, um, dous, tres, etc. algarismos, elle ficará dez, cem, mil, etc., vezes maior; e ficará o mesmo numero de vezes menor se a virgula fôr mudada para a esquerda.

Nos números decimaes: