Página:Farias Brito, o homem e a obra.djvu/21

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
8
Jonathas Serrano


Graças a Deus alguma coisa foi possível salvar e trazer. Os pontos controvertidos foram definitivamente apurados, como se verá adiante. Mas independentemcnte dos resultados da pesquisa, teria valido a pena ir ao Norte do pais, ao Ceará, ao Pará e a todos os pontos por onde andou o filósofo do Mundo Interior. Já o temos repetido e ainda uma vez o rediremos: “Todo brasileiro de certa responsabilidade deveria conhecer o Norte e o Sul, o litoral e o Hinterlond. Compreender para melhor estimar. Nada equivale à visão direta. O conhecimento exato requer observação. São freqüentes os erros de apreciação a priori e à distância. O próprio Estado Novo deve facilitar as excursões culturais. Reclamam-nas interesses de toda ordem: econômicos, morais e superiormente políticos — no sentido mais nobre do vocábulo. A coesão nacional perfaz-se pela melhor compreensão e conhecimento recíproco”.

A vida de Farias Brito... Êle mesmo a julgava sem a mínima vaidade. “Devo observar que minha vida é extremamente simples. Nada tenho de notável. Sou verdadeiramente o que se pode chamar um homem sem história, porque nunca se passaram comigo coisas extraordinárias. Nunca ocupei posição saliente. Nunca exerci nem pretendi exercer influência ou domínio sôbre quem quer que