Página:Iracema - lenda do Ceará.djvu/186

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
- 166 -


que não se extranhe a maneira por que o estrangeiro se exprime fallando com os selvagens: ao seu perfeito conhecimento dos usos e lingua dos indigenas, e sobretudo á ter-se conformado com elles aponto de deixar os trajos europeos e pintar-se, deveu Martim Soares Moreno a influencia que adquirio entre os indios do Ceará.



Pap. 9.—Ibyapaba.—Grande serra que se prolonga ao norte da provincia e a extrema com Piauhy. Significa terra aparada. O Dr. Martius em seu glossario lhe atribue outra athmologia. Iby-terra—e pabe—;tudo. A primeira porém tem a authoridade de Vieira.



Pag. 10Igaçaba—de ig—agua e a desinencia çaba—cousa propria.

II.—Vieste.—A saudação usual da hospitalidade era esta.—Ere ioubê—tu vieste? — Pa-aiotu, vim, sim. Auge-be, bem dito. Veja-se Lery, pag. 286.