Página:Rosa, rosa de amor.djvu/61

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
54
VICENTE DE CARVALHO


Encantos da mulher amada; commovidos
Deslumbramentos; gosto indizivel, sabor
Da unica hora feliz de toda a vida; amor,
Sonho em que a alma é que sente o goso dos sentidos;

No coração que de vós se alvoroça
Resplandeceis, miragens, enganos,
De uma luz que não é vossa...
Que é só dos nossos vinte annos.

Rosa, rosa de amor typographic ornament 04.png