Página:Tratado de Algebra Elementar.djvu/104

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


ine a, resulta *

ai« — (3^ = 0;

«y dividindo por c— (i, o que é permifido, visto a — p não ser nullo, vem

a = 0.

Então a egualdade aa = 6 dá 6 = 0; ea equação proposta converte-se em \

0 ® = 0,

que é uma icentiJade, e não uma equação; e o mesmo tem logar para mais de duas raizes.

tas. Temos a equação geral

ax= o

que, resolvida, dá

b

-rfP =--

a

Vamos discutir esta fórmula, considerando os diiFerenies casos que se pc^em apresentar.

1.° a e ó não são nullos Neste caso a fórmula dá para x um valor pos;,ivo ou negativo, que satisfaz á equação, como se

reconhece substituindo na equação em logar de x a expressão —.

2.° 6=0, sendo a^O. Neste caso a fórmula dá

a

£

única sc I lição que satisfaz á equação. Com o ff eivo na hypothe?1} considerada a equação converte-se^em

a ,a; = 0;

e como a não é nullo, esta equação só pode ser satisfeita pelo valor ,"3 = 0.

3.° a = 0, sendo 6^0. Neste caso a fórmula dá