Página:Tratado de Algebra Elementar.djvu/183

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Na analysè indeterminada podem apresentar-se dois casos prin- cipaes: 1.° o numero das incógnitas excede o das equações em uma unidade; 2." o numero das incógnitas excede o das equações em mais de uma unidade.

O primeiro caso principal involve vários casos, segundo temos uma equação a duas incógnitas, ou duas equações a tres incó- gnitas, e assim por deante. Consideremos em primeiro logar o caso mais simples, o de uma equação a duas incógnitas.

199. A equação mais geral do primeiro grau a duas incó- gnitas é

v ax + by — c,

a qual podemos sempre suppor simplificada de modo que a, b e c sejam primos entre si. Porque, se o não forem, procuramos o maior divisor commum de a, b e c, e dividimos os dois membros da equação por elle.

300. Quando acb não são primos entre si, a equação ax + by = c não admilte solução alguma inteira.

Com efíeito, designando por d um divisor commum de a e b,

teremos

a = a'd, b = b'd,

o que converte a equação em a'dx-\- b'dy — c.

Ora, dando a x e y valores inteiros, o primeiro membro tor- na-se múltiplo de d; e como o segundo membro não satisfaz a esta condição, segue-se que a equação não admitte soluções in- teiras.

SOl. Quando acb são primos entre si a equação ax+by=c admitte uma solução inteira. Nesta equação podemos sempre con- siderar c positivo; e as combinações, que se podem obter com os signaes de a ee b, são

ax + by — c, ax — by — c,

— ax + by — c, — ax — by — c.

Para demonstrar o theorema, basta considerar sómente uma d'estas equações; porque passa-se de uma d'estas equações para