Pacotilha poetica/Que medicina lhe poderá curar

Wikisource, a biblioteca livre
< Pacotilha poetica
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pacotilha poetica
Que medicina lhe poderá curar


SENHORAS

2 Senhora, os medicos todos
  Curam de ou por dinheiro,
  Mas se tende de gastal-o,
  Gastai-o antes com o coveiro.

3 Se padeceis mal de amores,
  Consultai a homœopathia;
  Se ataques de frenesis,
  Consultai a allopathia.

4 Se o vosso mal não tem cura
  Consultai allopathia,
  Que com seus palliativos
  Torna a morte mais tardia.

5 Na casa de alienados
  Podereis encontrar cura,
  Methodo recommendado,
  Que a saude assaz apura.

6 Curai-vos pela allopathia,
  Só de sangrias quarenta,
  Vesicatorios e causticos,
  E bichas cento e sessenta.

7 Um conselho aqui vos dou
  De muita ponderação;
  Sabei que umae outra arte
  São artes de empulhação.

HOMENS

2 Qualquer dellas, meu amigo
  Sabem bem assassinar:
  Curai-vos vós a vós mesmo,
  Que é melhor que as consultar.

3 Uma doença tereis
  Em a ponta do nariz,
  Que só pela allopathia
  Não morrereis por um triz.

4 Já de mal de sete dias
  Do certo não morréreis,
  Morrereis pois de velhice,
  Doutores não consulteis.

5 Por obra de misericordia,
  Uma sova vos darão,
  Porém nem ambas as artes
  Vos salvar conseguirão.

6 O couce de um asno bravo
  Vos aggravará a sorte;
  Dar vos-ha a homœopathia
  P'ra outro mundo passaporte.

7 Ajuntai muito dinheiro,
  Tornai de novo a ajuntar,
  Que em breve com os globozinhos
  Todo, todo heis de gastar.

SENHORAS

8 Curai-vos pela homœopathia;
  Recipe: trinta frasquinhos;
  Tomai á noite e ao dia
  Mil e um dos globozinhos.

9 Em o mal que padeceis
  Nesse flagello e tormento,
  Achareis todo o remedio
  Sómente no casamento.

10 Sómente com um globozinho
  Da doença vos livrarão,
  Porque para a sepultura
  Depressa vos mandarão.

11 Consultai methodo novo
  Que lá na Europa apparece,
  Em que qualquer p'ra curar-se
  Só de agua fria carece.

12 Nem a boa homœopathia,
  Nem a bella allopathia,
  Mas uma que hoje se inventa,
  que é a especulopathia.

HOMENS

8 Curai-vos por uma dellas,
  Qual melhor vos parecer,
  Pois qu'inda apezar da cura,
  Sempre tendes que morrer.

9 Uma, duas, tres visitas
  Da homœopathia são caras,
  Mas as curas de seus globos
  Assim mesmo não são raras.

10 As chapas medicinaes
  Só devereis consultar,
  Deixam os magros inchados
  Sem bolsas exceptuar.

11 Recipe é dinheiro
  Ao doutor, ao boticario;
  Curai-vos por vossas mãos
  Que não é extraordinario.

12 A homœopathia, meu caro,
  Custa muito bom dinheiro;
  Por emquauto, pois que medico
  Será logo o sapateiro.