Perdido polos meus olhos

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Perdido polos meus olhos
por Afonso de Meneses
Vilancico renascentista português presente no Cancioneiro de Elvas.


Perdido polos meus olhos,
naõ tenho vida cõ elles,
nẽ posso viuer sẽ elles.

Que me ficou por fazer
Olhos meus q̃ naõ fizesse,
Por vos cõtentar e ver
Ledos em quanto viuesse.

Cheos de meu interesse
Naõ tenho vida cõ elles,
Nem posso viuer sem elles.