Vai avante ou fica atraz?

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vai avante ou fica atraz?
por João Simões Lopes Neto
Publicada originalmente em sua coluna, Balas de estalo, em 24 de agosto de 1888, utilizando o pseudônimo Job Risurdo.


Vai avante ou fica atraz?
Afinal — onde se dança?
De perguntar ninguém se cansa:
Vai avante ou fica atraz?
Será uma noite mansa,
Ou há tombos, quedas más?
Vai avante ou fica atraz?
Afinal onde se dança?

A casa tem reumatismo...
— Piam corujas sérias...
Não tem gosto tais pilhérias:
A casa tem reumatismo!
— Senhores, deixem de lérias:
Ninguém se tema do abismo! —
A casa tem reumatismo...
Piam corujas sérias.

Afinal em que ficamos:
Quem decide? A comissão?
Os convidados? Então,
Afinal em que ficamos?
Jáme treme o coração
Ao ver qu’as tontas andamos:
Afinal em que ficamos:
Quem decide? A comissão?