Criou a natureza Damas bellas

Wikisource, a biblioteca livre

Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
(Criou a natureza Damas bellas)
por Luís Vaz de Camões
Poema agrupado posteriormente e publicado em Obras completas de Luis de Camões (1843, v. II)

Criou a natureza Damas bellas,
Que forão de altos plectros celebradas;
Dellas tomou as partes mais prezadas,
E a vós, Senhora, fez do melhor dellas.

Ellas diante vós são as estrellas,
Que ficão com vos ver logo eclipsadas.
Mas se ellas tẽe por sol essas rosadas
Luzes de sol maior, felices ellas!

Em perfeição, em graça e gentileza,
Por hum modo entre humanos peregrino,
A todo bello excede essa belleza.

Oh quem tivera partes de divino
Para vos merecer! Mas se pureza
De amor vai ante vós, de vós sou dino.