Decreto Federal do Brasil 1531 de 1995

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Decreto Federal do Brasil nº 1.531, de 22 de junho de 1995


Altera o Decreto nº 94.336, de 15 de maio de 1987, que cria o Brasão de Armas e Estandarte do Exército.

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, inciso IV, da Constituição,
DECRETA:

Art. 1º[editar]

Fica alterado o inciso I do art. 1º do Decreto nº 94.336, de 15 de maio de 1987, que passa a ter a seguinte redação:

Cquote1 sh3.svg
I - Brasão de Armas - Escudo clássico português partido de vermelho e azul, tendo em brocante um grifo de ouro , animado, lampassado e armado de preto, segurando nas garras uma estrela de oito pontas de prata, simbolizando: a figura mitológica do grifo, a vigilância e a guarda na defesa da Pátria e da lei, e a estrela de oito pontas, a necessidade de se agir em todos os pontos cardeais, em busca da União; o elmo, simbolizando o militar, de prata e forrado de púrpura, a três quartos para destra com correia azul, paquife e virol de azul e vermelho. Tem por insígnia, num listel de verde, ondulado, sotoposto ao escudo, em letras de ouro: Exército Brasileiro -1648.
Cquote2 sh3.svg

Art. 2º[editar]

Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.


Brasília, 22 de junho de 1995;
174º da Independência e 107º da República.


FERNANDO HENRIQUE CARDOSO
Zenildo de Lucena