Horto (1910)/As mãos de Clarisse

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
As Mãos de Clarisse
por Auta de Sousa


Causam-me tantos martírios
As tuas mãos adoradas,
Com estes dedos de fadas,
Tão formosos e pequenos...
Que eu chamaria dois lírios,
Se houvesse lírios morenos!