Laura de Anfriso

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Laura de Anfriso
por Manuel da Veiga Tagarro
Grafia original mantida. Note que algumas grafias arcaicas podem causar confusão ao leitor contemporâneo. O glifo "ſ" corresponde ao atual "s", "ß" representa "ss" e "u" e "v" são por vezes trocados. A obra emula o estilo de outros autores consagrados como Luís Vaz de Camões, Francesco Petrarca, Horácio e Virgílio.[1]


LAVRA

DE

ANFRISO
Pello Lecenceado Manoel da Veiga.

DIRIGIDA AO EXCELLENTISSIMO
Principe o ſenhor Dom Duarte.

Brasão da folha de rosto de Laura de Anfriso.jpg


Com licenças, & Priuilegio, Em Euora por Manoel Carvalho
Impreßor da Vniuersidade. nno 1628.


Notas[editar]

  1. Maria do Socorro Fernandes de Carvalho. "Notas sobre antologias individuais publicadas em Portugal no século XVII: Por que, como e quem publica poesia lírica". Consultado em 2016-06-16.