Peregrinaçam/LII

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Peregrinaçam por Fernão Mendes Pinto
CAP. LII.
Do mais que Antonio de Faria paſſou neste rio Madel com a gente da terra, & do que fez deſpois que ſe ſahio delle.


Feita eſta juſtiça neſte coſayro & nos outros, ſe fez inuentayro do que o junco trazia, & ſe orçou a valia da preſa em quaſi quarẽta mil taeis em ſeda, & peças de citim & damaſco, & retròs, & almiſcre, a fora muyta ſoma de porcelanas finas, & outro fato que foy forçado queimarſe co junco juntamente, por não auer eſquipação para o marear. E deſte honrado feito ficaraõ os Chins taõ aſſombrados, q̃ paſmauão onde ouuiaõ nomear Portugueſes, em tanto que veudo os Necodàs ſenhorios dos juncos que eſtauão naquelle porto, que a cada hum delles ſe podia fazer outro tanto, ſe ajuntaraõ todos em hũa conſulta, a q̃ elles chamão bichara, & nella elegeraõ entre ſy dous dos mais hõrados, & mais ſufficientes para o que pretẽdiaõ, pelos quais como Embaixadores mandaraõ dizer a Antonio de Fatia, que como a Rey do mar lhe pedião que debaixo do ſeguro de ſua verdade os quiſeſſe emparar, para poderem ſayr daly onde eſtauão a fazer ſuas viagẽs, antes que ſe lhe acabaſſe a moncaõ, & que lhe darião logo por iſſo em reconhecimento de tributarios, & ſubditos ſeus como eſcrauos, vinte mil taeis de prata, de q̃ logo ſem falta nenhũa lhe fariaõ bõ pagamento, como a ſenhor. Antonio de Faria os recebeo com bom gaſalhado, & lhes concedeo o que lhe pedião, & jurou de o fazer aſsi, & de os auer por ſeguros debaixo de ſua verdade, & que nenhũ ladraõ daly por diante lhe tomaria couſa algũa de ſuas fazendas. E ficando hũ dos dous em arrefẽs dos vinte mil taeis, o outro ſe foy para trazer a prata, a qual logo trouxe daly a menos de hũa hora, com mais hum bom preſente de peças ricas que todos os Necodàs lhe mandaraõ. E querendo Antonio de Faria aproueitar hum moço ſeu q̃ chamauaõ Coſta, o fez eſcriuão dos carrazes que ſe auião de dar aos Necodás, a que logo taxou o preço, o qual auia de ſer aos dos juncos cinco taeis por cartaz, & aos dos vancoẽs, & lanteaas, & barcaças, dous, & foy a couſa de maneyra que em ſós treze dias que durou a frequencia deſtes cartazes, ganhou eſte moço, ſegundo o dito dos que o inuejaraõ, mais de quatro mil taeis ſó em prata, a fora muytas & muyto boas peças que todos lhe dauaõ pelos auiar mais depreſſa, & a forma dos cartazes era deſta maneyra. Seguro debaixo de minha verdade ao Necodà, foaõ, paraque poſſa nauegar liuremente por toda a coſta da China, ſem ſer agrauado de nenhum dos meus, cõ tanto que onde vir portugueſes os trate como irmãos, & aſsinauaſe ao pè, Antonio de Faria. Os quais cartazes todos ſe lhes guardaraõ muyto inteyramẽte, & com toda a verdade. E daquy

ficou taõ temido por toda eſta coſta, que o proprio Chaem deſta ilha de Ainão, q̃ he o proprio Viſorrey della; pelo que tinha ouuido delle, o mandou viſitar cõ hum rico preſente de perolas & peças douro, & lhe eſcreueo hũa carta em que lhe dezia que leuaria muyto goſto de elle querer aceitar partido co filho do Sol, para o ſeruir de ſeu Capitão mór da coſta de Laman atè Liampoo com dez mil taeis de ordenado cada anno, & que ſe o ſeruiſſe bem conforme à fama q̃ delle corria, lhe ſeguraria acabando os tres annos, ſer acrecentado em titulo de hum dos quarenta Chaẽs do gouerno, com mãdo ſupremo em toda a juſtiça, & que lhe lembraua que daquy vinhão os homẽs como elle, ſe eraõ leais, a ſer dos doze Tutoẽs do gouerno, aos quais o filho do Sol, lião coroado no trono do mundo, ſe communicaua de cama & meſa como membros vindos por honra & mando ao ſeu corpo, & com partido de cem mil taeis. Antonio de Faria lhe agradeceo muyto a oferta, & ſe eſcuſou com palauras de grandes cõprimentos ao ſeu modo delles, dizẽdo que não ſe ſentia capaz de tamanhas honras como aquellas com que o cometia, mas que ſem intereſſe de dinheyro nenhum eſtaria muyto preſtes para o ſeruir cada vez que o mãdaſſem chamar os Tutoẽs do Paquim. Apos iſto, ſaindoſe deſte porto de Madel, onde eſteue quatorze dias, tornou a correr a coſta pela enſeada dentro, a ver ſe achaua nouas de Coja Acem, porque como eſte foy ſempre o ſeu principal intento, pelo que atras fica dito, de nenhũa outra couſa trataua ſe não de o buſcar por todas as partes, & niſſo ſomente cuydaua & ſe deſuellaua de dia & de noite. E por eſta cauſa, parecendolhe que neſta enſeada o poderia achar, ſe deteue nella mais de ſeis meſes com aſſaz de trabalho, & riſco de ſua peſſoa, no fim dos quais chegou a hũa cidade muyto nobre, & de edificios & templos aſſaz ricos que ſe dezia, Quangiparù, no porto da qual eſteue ſurto aquelle dia, & a noite ſeguinte com moſtras de mercador, comprando pacificamente o que lhe trazião a bordo, & por ſer pouo de mais de quinze mil fogos, ſegundo o eſmo dalgũs, tanto que foy menham ſe fez â vella, ſem a gente da terra fazer nenhum caſo diſſo, & tornando na volta do mar, inda que co vento algum tanto ponteyro, em doze dias de nauegaçaõ trabalhoſa coſteou toda a fralda da terra de ambas as coſtas de Sul & Norte, ſem em todas ellas ver couſa de que ſe pudeſſe lançar mão, as quais eraõ pouoadas de lugares pequenos de duzentos até quinhentos vezinhos, algũs dos quais eraõ cercados de tijolo, mas não que baſtaſſe para os defender de quaiſquer bõs trinta ſoldados, por ſer a gente toda muyto fraca, & ſem armas nenhũas, mais que ſòs paos toſtados, & algũs treçados curtos, com hũs paueſes de taboas de pinho pintados de vermelho & preto, mas o ſitio do clima em ſy he o milhor & o mais fertil & abaſtado de todas as couſas que quantos

eu nunca vy, com tanta quantidade de gado vacum, que ſerá eſcuſado querello contar, & campinas raſas & grandiſsimas de trigos, arrozes, ceuadas, milhos, & muytos legumes de muytas maneyras, que a todos nos fazia paſmar, & em partes ſoutos de caſtanheyros muyto grandes, & pinhaes, & aruores de angelim como na India, para ſe poderem fazer infinidade de nauios, & ſegundo o dito de algũs mercadores de que Antonio de Faria ſe informou, ha aly tambem muytas minas de cobre, prata, eſtanho, ſalitre, & enxofre, com muytos campos deſaproueitados de muyto boa terra, & tão perdida naquella fraca nação, que ſe ella eſtiuera em noſſo poder, quiça que eſtiueramos mais aproueitados do que hoje eſtamos na India por noſſos peccados.