Tao Te Ching/LVII

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tao Te Ching por Lao Tzu
Capítulo LVII


Pela normalidade governa-se um reino
Pela anormalidade usam-se armas
Mas quando não há atividades
Conquista-se o mundo.

Mas como sei que é assim ?
Pelo que está aqui.

Sob o céu:

Quanto mais proibições e superstições
Mais o povo se empobrece.
Quanto maior o poder de guerra
Mais o reino se arruina.
Quanto maior a arte e esperteza dos homens
Mais presságios nefastos surgirão.
Quanto mais leis e decretos promulgados
Mais ladrões e assaltantes surgirão.

Por isto um homem santo disse:

Eu não-ajo e o povo muda por si
Eu amo o repouso e o povo endireita por si
Eu nada empreendo e o povo enriquece por si
Eu não tenho desejos e o povo torna-se como lenho-tosco por si.